A Laws.Africa project
7 September 1983

Mozambique Government Gazette Series I supplement dated 1983-09-07 number 36

Download PDF (443.3 KB)
Page 1
 Quarta-feira, 7 de Setembro de 1983                                                                         I SÉRIE —Número 36




                                        BOLETIM DA REPUBLICA
                                                PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA POPULAR DE MOÇAMBIQUE



                                     SUPLEMENTO
                         S U M A R I O                                          contraram a fraternidade firme e consequente, a amizade
                                                                                 terna e quente dos seus irmãos tanzanianos e ali fundaram
            Comissão Permanente da Assembleia Popular:                          a primeira sede da FRELIMO no exílio.
Resolução n.° 10/83:                                                                O nome de Julius Kambarage Nyerere ficará para sem-
    Concede a Ordem « E d u a r d o Mondlane» d o 1.° G r a u ao                 pre ligado à luta pela libertação nacional do nosso país.
      Presidente do C h a m a Cha Mapinduzi e Presidente da                     O Presidente Nyerere disse-nos que nunca se sentiria total-
      República U n i d a da Tanzania M w a l i m u Julius K a m b a r a g e     mente independente, enquanto no solo africano outros povos
      Nyerere                                                                   continuarem submetidos à opressão colonial e racial.
Resolução n.° 11/83:
                                                                                    O povo moçambicano reconhece no Presidente Julius
                                                                                Kambarage Nyerere o companheiro de armas, o dirigente
    Concede a Ordem «Eduardo Mondlane» do 1 ° G r a u ao
      Presidente d a U N I P e Presidente da República da Zâmbia
                                                                                que mobilizou a rectaguarda da nossa luta de libertação
      Kenneth David Kaunda.                                                     nacional, que assumiu como seus os mais profundos anseios
                                                                                de liberdade e independência e os fez viver nos corações do
                                                                                povo tanzaniano.
                                                                                    As nossas vitórias na Frente de Libertação de Moçam-
    COMISSÃO PERMANENTE DA ASSEMBLEIA POPULAR                                   bique, os grandes momentos da luta, a história da cons-
                                                                                trução da unidade do povo moçambicano e os aconte-
                                                                                cimentos da vida quotidiana dos combatentes da liberdade
                      Resolução n.° 10/83                                       são parte da História moçambicana, e estão intimamente
                         de 7 de Setembro                                       relacionados com a História e com a geografia da Tan-
                                                                                zania.
   A vitória do povo moçambicano sobre o exército colo-                            Dar-es-Salaam, Nachingwea, Kôngwa, M'twara, Baga-
 nialista, que se celebra a 7 de Setembro de cada ano, é                        moyo, Tunduru, M'beya, Songea, N'gulane Camp, Bugu-
 fruto da resistência secular à ocupação e exploração colo-                       runi, Hala e tantos outros nomes tanzanianos evocam luga-
 nial e é o culminar glorioso da luta armada de libertação                      res e momentos da História da luta armada de libertação
 nacional que o nosso povo dirigido pela FRELIMO travou                         nacional de Moçambique. Eles estão presentes nas nossas
contra o ocupante estrangeiro.                                                 canções de luta, nos compêndios das nossas crianças, nos
   A vitória dos moçambicanos sobre o colonialismo, foi                        documentos básicos da nossa História.
 também resultado da solidariedade das forças democráticas,                        Na Tanzania, com o Presidente Julius Kambarage
 progressistas e revolucionárias dos povos do mundo inteiro                    Nyerere vivemos juntos horas difíceis, momentos de sacri-
   De entre as inúmeras manifestações de solidariedade e                       fício e de dor pela perda de camaradas como Eduardo
contribuições internacionalistas é justo destacar o valor                      Chivambo Mondlane, Filipe Samuel Magaia, Paulo Samuel
incomensurável do engajamento do povo tanzaniano, a                            Kankhomba, Josina Machel, Francisco Manyanga, Sansão
importância decisiva do apoio político, moral, material                        Muthemba e tantos outros companheiros. Recordaremos
e diplomático oferecido pela República Unida da Tanzania,                      sempre com respeito e reconhecimento o sacrifício de tantos
pelo seu povo, pela TANU e pelo seu filho querido, o seu                       cidadãos tanzanianos, vítimas das agressões bárbaras do
líder incontestável, o amigo sincero do povo moçambicano,                      inimigo colonialista, e que assim juntaram o seu sangue ao
o Presidente Julius Kambarage Nyerere.                                         dos seus irmãos moçambicanos.
   Foi na Tanzania que os nacionalistas moçambicanos                               Foi a acção pessoal do Presidente Julius Kambarage
integrados na UDENAMO, MANU E UNAMI aprende-                                   Nyerere à frente da TANU e da República Unida da
ram o exemplo de unidade nacional e receberam do povo                          Tanzania que fez com que o apoio do povo tanzaniano à
tanzaniano a solidariedade fraternal e militante que permitiu                  nossa luta não conhecesse limites.
criar em 25 de Junho de 1962, a FRELIMO — Frente de                                Foi sob a direcção do Presidente Julius Kambarage
Libertação de Moçambique. Foi em Dar-es-Salaam que                             Nyerere que o povo tanzaniano se entregou também à luta
Eduardo Chivambo Mondlane e os seus companheiros en-                           de outros povos oprimidos. A Tanzania transformou-se na

Page 2
Download full gazette PDF